Betway Brazil Sports Banners
jorge-jesus-02

Novas regras do futebol marcam o Brasileirão 2019

As novas regras do futebol entraram em vigor na Temporada 2019-20 e já estão a todo vapor no Brasileirão! Nem sempre agradando a todos, mas com certeza, aumentando a emoção do jogo.

Os fãs de futebol estão cientes de que o “Esporte Rei” é uma das modalidades que mais evolui atualmente. Suas regras mutáveis são frutos de exaustiva análise profissional sobre o jogo e credenciam ainda mais o futebol como gerador de grandes emoções, respondendo assim, às necessidades contemporâneas e à passagem do tempo.

As alterações criadas e anunciadas pela International Football Association Board – IFAB em relação às leis do futebol pretendiam, antes de mais nada, garantir que todos os fãs do futebol tivessem acesso a jogos mais emocionantes, com menos interrupções, com táticas de jogo mais elaboradas e, consequentemente, um jogo com maior dinamismo.

Mais emoção nos jogos, menos erros nos palpites

Toda essa análise em relação às novas regras está voltada para o novo cenário do futebol, brasileiro e mundial, que afeta a forma como vivemos e nos relacionamos com os principais campeonatos pelo mundo, em especial com o próprio Brasileirão: a aplicação do VAR, as pausas extensas, o sorteio dos árbitros de video e a aplicação dos cartões à comissão técnica no banco de reservas.

var 03
(Monitor do VAR à beira do campo – Campeonato Brasileiro 2019)

Contudo, essas novidades ficaram particularmente mais interessantes para os amantes do esporte que adoram aumentar suas emoções em relação aos jogos, realizando apostas durante o Brasileirão. Afinal, a cada rodada, existem novas possibilidades de ganhar com as análises e previsões, por exemplo, da Oddspedia, onde todos os fãs de futebol conseguem avaliar com mais precisão as chances de cada time e os potenciais resultados de uma determinada partida.

Um exemplo da nova penalização à comissão técnica no Brasileirão

Uma das mudanças mais sutis, mas de grande impacto, é a aplicação de cartões (amarelo e vermelho) à comissão técnica dos times. Um bom exemplo aconteceu durante os jogos do Flamengo contra Santos (Rodada 19) e Athletico Paranaense (Rodada 25), onde tivemos como personagem principal o técnico do clube carioca, Jorge Jesus, que sentiu na pele a aplicação da nova regra, levando dois cartões amarelos, um em cada confronto, e podendo desfalcar o Flamengo mais à frente em um jogo importante pela conquista do título brasileiro, caso leve o terceiro cartão amarelo, o que significaria suspensão automática para a próxima rodada.

jorge-jesus-foto Alexandre Vidal
(Jorge Jesus comemora vitória contra o Furação. Foto: Alexandre Vidal)

O uso dos cartões em membros da comissão técnica é uma alteração recente e já está em vigor nessa edição do Campeonato Brasileiro, mudando consideravelmente a lógica das partidas e criando novas possibilidades de análises para os fãs de futebol que gostam de apostar, aumentando a emoção do jogo.

Se anteriormente apenas os jogadores podiam ser punidos por faltas ou por comportamento indevido em campo, agora essa regra estendeu-se aos membros da comissão técnica, que agora podem interferir diretamente no desempenho do time durante à competição, caso não estejam à beira do campo para orientar o posicionamento dos jogadores, alterar esquemas táticos durante as partidas ou mesmo, ajudar no controle emocional do time.

Detalhe, essa punição poderá ser destinada especificamente ao técnico do time, caso o árbitro não consiga identificar qual dos elementos do banco de reservas foi o autor da infração ou má conduta durante a partida.

Categorias: CampeonatosPágina inicial

Alexa Coleman

O conteúdo criativo é a chave do sucesso de seu site. Boas palavras fazem seu site crescer.

Colaborador do FUTBOX | Seja um blogueiro do FUTBOX.

Veja também: