libertadores_brasil

Libertadores do Brasil

Na última semana, os seis clubes brasileiros estrearam pela fase de grupos da Libertadores. Atlético-PR e Botafogo que já haviam passado pela fase prévia venceram em casa. Atlético-MG e Grêmio trouxeram três pontos mesmo fora de seus domínios. Cruzeiro e Flamengo voltaram com uma derrota para o Brasil. Voltaram com derrotas, mas não derrotados.

O Cruzeiro começou bem. Fez 1×0 no 1º tempo, mas sucumbiu à altitude de 3.200 metros de Huancayo e viu o Real Garcilaso virar a partida. Prejudicado pela expulsão justa e infantil do volante Amaral aos 12 minutos da etapa inicial, o Flamengo também perdeu por 2×1. Os resultados ligam o sinal de alerta, no entanto, não devem ser motivos para desespero.

No Mineirão e Maracanã, Cruzeiro e Flamengo são favoritos para vencerem seus algozes e os outros dois adversários da fase de grupos. Os clubes ainda devem beliscar pontos nas partidas fora de casa.

Graça a um abismo que separa a realidade econômica do Brasil dos demais países sul-americanos, hoje, é notória a superioridade do futebol brasileiro no continente.

Só para se ter ideia, os clubes brasileiros venceram as quatro últimas edições da Libertadores. Desde 2005, o país tem ao menos um representante na final do torneio.

Por isso, não será surpresa se os seis representantes do Brasil avançarem ao mata-mata, o que aconteceu pela 1ª vez no ano passado.

Sinal de alerta, mode on. Desespero, mode off.

Cruzeiro e Flamengo devem avançar na Libertadores

Mesmo com derrotas nas estreias, Cruzeiro e Flamengo devem avançar na Libertadores 2014

 

Relembre os 10 últimos clubes brasileiros eliminados na Fase de Grupos da Libertadores (em 2011, o Corinthians foi eliminado na Pré-Libertadores).

Obs: repare. Nos últimos seis anos, apenas um clube brasileiro foi eliminado na Fase de Grupos (2008 a 2011, 5 clubes brasileiros na Fase de Grupos| 2012 e 2013, 6 clubes brasileiros na Fase de Grupos).

1) Flamengo – 2012 (2v, 2e, 2d)
2) Internacional – 2007 (3v, 1e, 2d)
3) Paulista – 2006 (1v, 3e, 2d)
4) Santo André – 2005 (2v, 2e, 2d)
5) Coritiba – 2004 (2v, 2e, 2d)
6) Flamengo – 2002 (1v, 1e, 4d)
7) Atlético-PR – 2002 (1v, 2e, 3d)
8) Juventude – 2000 (2v, 1e, 3d)
9) Internacional – 1993 (0v, 3e, 3d)
10) Grêmio – 1990 (1v, 3e, 2d)

Créditos: Futdados.com

Categorias: Campeonatos / Clubes / OpiniãoPágina inicial

Gabriel Godoy

Jornalista; frustrou-se na tentativa de ser um jogador profissional; peladeiro; apaixonado por futebol de campo, de rua, de botão, de vídeo-game...

Veja todos os posts de

Veja também: