transferencias-capa

Mercado de transferências pós Copa da Rússia agita o futebol internacional para a temporada 2019

A Copa do Mundo terminou e os loucos por futebol de todo o planeta se preparam para voltar suas atenções aos seus clubes novamente. E a volta das férias será movimentada, especialmente nas ligas europeias. Agora, com o fim da Copa da Rússia vencida pela França, torcedores, analistas e apostadores querem saber como ficará o cenário futebolístico para a temporada 2019.

Em poucos dias de abertura o mercado de transferências já trouxe novidades. Além disso, como em Copas passadas, os craques que foram bem na Rússia devem saborear um novo status dentro de seus clubes. Neymar começou 2018 planejando vencer a Champions League, trazer o hexacampeonato mundial para o Brasil e, a si próprio, o título de melhor jogador do mundo. Acabou fracassando em todas as missões. Agora as atenções do PSG (Paris Saint Germain), clube de ambos, se voltarão para o jovem Mbappé, destaque e campeão do mundo na Rússia pela seleção francesa.

A Ressurreição do Campeonato Italiano

Cristiano Ronaldo é o dono da transferência mais bombástica do mercado da bola até o momento. Depois de ganhar tudo no Real Madrid, CR7 decidiu mudar de ares em busca de novos desafios e se mudou para Turim, para defender a Juventus. A mudança de clube deve alterar não só o equilíbrio de forças entre as equipes na europa, como também o panorama do mercado dos melhores sites de apostas esportivas. As Ligas prediletas da maioria dos apostadores eram da Inglaterra e da Espanha. Tudo por conta da liquidez das apostas. Com Cristiano na Juventus, os olhares dos traders estarão mais direcionados para a Itália.

Entretanto, a pausa para a Copa e a abertura do mercado de transferências não trouxe apenas boas notícias para o Calccio, a Roma, que se destacou por eliminar o Barcelona de Messi nas quartas de final da última Champions League, vendeu o goleiro brasileiro Alisson Becker ao Liverpool. Seu substituto é Olsen, da seleção da Suécia e destaque na Copa. Já o Napoli, vice campeão nacional da temporada passada, perdeu seu técnico, Maurizio Sarri, e o volante Jorginho, ambos para outro time inglês, o Chelsea.

França é a nova terra da bola

foto futbox

França bicampeã do mundo em 2018

A temida seleção da Alemanha, algoz do Brasil no fatídico 7×1 na semifinal da Copa de 2014, decepcionou e não passou sequer da primeira fase na Copa da Rússia. Em um grupo relativamente tranquilo, com Suécia, México e Coreia do Sul, quem se classificou foram os suecos e os mexicanos, respectivamente. Com isso ficou a dúvida entre os especialistas e traders esportivos: de quem será o domínio do futebol mundial pelos próximos quatro anos?

A vitória da França, que chegou como favorita e honrou a expectativa com uma seleção cheia de craques, não deixa dúvidas. Titulares absolutos em seus clubes, como o meio campo Pogba, os zagueiros Varane e Umtiti, o goleiro Lloris, além dos atacantes Mbappé e Griezmann, saíram da Copa do Mundo muito mais valorizados do que antes.

Hora de especular

No Brasil, as coisas mudaram pouco até agora. Enquanto isso, a imprensa esportiva faz uma de suas tarefas preferidas nessa época: especular! Mas quando a janela de transferências para a temporada 2019 se abrir na europa, tudo pode mudar. O Palmeiras quer Miranda, zagueiro da Inter de Milão que foi bem na Copa, apesar da derrota brasileira nas quartas de final para a Bélgica. O Flamengo já contratou o atacante Vitinho, cria do rival Botafogo e que estava na Rússia. Além disso, clubes como Cruzeiro, Santos, São Paulo e Vasco, sonham com jogadores como Hernanes, Jonas e Ricardo Goulart. No quesito “perdas” o futebol brasileiro sofreu mais, como de costume. Destaques em seus clubes, Keno, Rodriguinho, Otero, Arthur e Vinícius Júnior, partiram para novos desafios nos mercados árabe e europeu, afinal os valores eram irrecusáveis.

Na europa também há muita especulação em torno de diversos outros craques. Com a ida de Cristiano Ronaldo para a Juventus o Real Madrid abriu conversas com Neymar, mas elas não avançaram. Portanto, permanece a dúvida: quem será o próximo grande astro do clube? O uruguaio Cavani, que teve atritos com o companheiro Neymar no PSG, pode ser a nova aposta do time merengue. Lewandowski, centroavante do Bayern de Munique, é outro que pode chegar para compor o elenco estelar do Real Madrid. Já o Barcelona tem investido em jovens promessas, como o brasileiro Malcom, formado no Corinthians.

No final de agosto todas as ligas europeias estarão de volta, mas até lá, além de apostar no Brasileirão, os traders terão de correr para estudar a fundo as estatísticas e fazer projeções sobre o novo arranjo do futebol mundial.

Fonte:

Agência emarket

 

Categorias: Campeonatos / Clubes / Fora das 4 linhas / Futebol / PublieditorialPágina inicial

Agência emarket

Somos especializados em mkt digital para auxiliar empresas a prospectar, manter e rentabilizar clientes e negócios.

Colaborador do FUTBOX | Seja um blogueiro do FUTBOX.

Veja também:

  • AC Milan Training & Press Conference

    Professor Seedorf

    Seedorf anuncia aposentadoria e será o novo técnico do Milan. Capacidade não falta ao holandês.

  • infobox_wc1966_BLOG-CAPA

    Infográfico – Copa do Mundo de 66

    A história ilustrada da Copa do Mundo de 66. Faça o download do infográfico em alta resolução. É gratuito!

  • _capas-posts-1930-34-38

    Top 5 Curiosidades das Copas: 1950, 54 e 58

    Top 5 Curiosidades das Copas. Uma pátria sem chuteiras! A 1ª Copa ao vivo pela TV. O Brasil finalmente é campeão! O mundo conheceria Pelé e Bellini, o capitão do Brasil, eternizaria um gesto.