cabelos_3

Os jogadores de futebol e seus cortes de cabelo – parte 3

O terceiro post da série sobre os jogadores de futebol e suas peripécias capilares faz uma viagem até os anos 70. Nada de cabelos curtos. O negócio era manter distância de tesouras e cabeleireiros (leia aqui o e o posts da série).

Nessa época, as diferenças ficaram escancaradas. Nunca fez tanto sentido a frase “todo mundo é diferente”. Quem tinha cabelo liso, quem tinha cabelo encaracolado, afrodescendentes e por aí vai.

1972 – Kevin Beattie foi um zagueiro do Ipswich Town (ENG) com passagem pela seleção inglesa. Durante sua carreira, sofreu muito com lesões. Sem dúvida, Kevin ia mais aos médicos do que aos cabeleireiros.

Kevin Beattie

Kevin Beattie

1973 – Charlie George foi um atacante inglês com forte identificação com o Arsenal e Derby County. Pelos “Gunners” ganhou a Taça das Cidade com Feiras (precursora da Taça UEFA) em 1970 e a dobradinha em 1971: Campeonato e Copa da Inglaterra.

Após aposentar, George montou um pub em New Hilton, Hampshire, onde fez jus aos tempos de jogador quando usava uma vasta cabeleira no melhor estilo rock’n roll.

Charlie George

Charlie George

1976 – Graham French não esperou a aposentadoria para frequentar os tradicionais pubs ingleses. Jogou em diversos clubes do país, mas nunca abandonou as bebidas e os hábitos noturnos. As noitadas eram tão intensas que French não parecia acordar a tempo de pentear o cabelo.

Por sorte, o jogador tinha uma resistência fora do comum e parecia curar a ressaca durante as partidas. Sua carreira foi prejudicada após ser preso por envolvimento em um tiroteio em um dos pubs que frequentava.

Graham French

Graham French

1978 – George Berry nasceu na Alemanha Ocidental, mas mudou-se para a Grã-Bretanha ainda jovem. O zagueiro naturalizou-se galês e foi o primeiro jogador negro a atuar pela seleção do País de Gales desde 1931. Conhecido por seu estilo durão, George Berry ficou famoso também pelo seu Black Power, naquela época, o maior cabelo afro do futebol britânico.

George Berry

George Berry

Categorias: OpiniãoPágina inicial

Gabriel Godoy

Jornalista; frustrou-se na tentativa de ser um jogador profissional; peladeiro; apaixonado por futebol de campo, de rua, de botão, de vídeo-game...

Veja todos os posts de

Veja também:

  • Nobby Styles of Manchester United

    10 NOVAS REGRAS PARA O FUTEBOL

    Uma partida sem bandeirinhas. Disputa por pênaltis antes da prorrogação. Jogo mais justo e emocionante! Conheça as 10 novas regras para o futebol.

  • whatsapp_clubes_capa

    WhatsApp: Libertadores 2014

    O que os clubes da Libertadores conversariam se fossem usuários do WhatsApp?

  • Group F Japan v Brazil - World Cup 2006

    TEXTOS ANTIGOS DE UMA VELHA COPA

    Muitas vezes nos deparamos com textos, fotos ou objetos antigos que estavam esquecidos em nossa memória, mas tiveram um papel importante em nossas vidas.